quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Passo-a-passo

Aprenda como fazer um arranjo moderno e exclusivo com as explicações do Designer Floral Orlandio seguindo os passos abaixo.
Divirta-se!
Material: Calas, costus cobra, folha de ruscus, vime torto, espuma floral, alfinetes, tesoura de poda, faca, e base de vidro retangular.

Ficha Técnica:

Composição: Decorativo
Harmonia de cores: monocromático
Cobertura de base: folha de ruscus em sobreposição
Estruturação: assimétrica
Ordenação das linhas: traçado de linhas cruzadas e em paralelo
Flores: Calas vinho como textura primária
Linhas herbáceas de Costus Cobra
Folhagens: ruscus
Base: vidro – na posição invertida (vertical)

[ A idéia seria criar um arranjo em uma moldura de vidro, onde alguns elementos pudessem ultrapassar os limites criados, com movimentos dinâmicos, e estabelecendo uma forte linha de fuga criando perspectiva. ]


Utilizando uma espuma floral, corte-a de modo a dimensioná-la conforme sua base. A espuma deverá entrar na base de modo que, a mesma, fique acomodada já com a cobertura de base. Recobrir a espuma com folhas de ruscus utilizando os alfinetes para segurá-las, a disposição deve ocorrer de modo que haja uma sobreposição de folhas para facilitar a entrada na base. Toda espuma floral deverá ser revestida, tendo sempre o cuidado de dispor as folhas numa única direção.

Corte os talos de costus cobra em diagonal, aumentado a área de contato com a espuma floral para melhorar a absorção de água e dar uma melhor sustentação ao arranjo.
Comece inserindo o talo de costus cobra na espuma floral firmemente para melhor ocupação do espaço.
Eles deverão ser dispostos em paralelo até completar toda a sua área de trabalho, deixando espaço para o calas.




Após a colocação dos talos, inserimos o vime para criar mais textura em um entrelaçamento para gerar mais interesse na composição.
Corte o talo do calas em diagonal para começar sua inserção na espuma floral.
Como temos uma composição que terá como forte característica uma saída em diagonal devemos iniciar com a menor haste e adicionando os outros em alturas diferenciadas para criar assimetria.

Utilizando os talos do próprio calas crie linhas envolventes que reforçarão as saídas.
Finalizar a cobertura de base antes de inserir o conjunto com cuidado no vidro.
Inserir o arranjo no vaso e dar prosseguimento a finalização adicionando mais calas para reforçar os movimentos dinâmicos e gerar mais perspectiva.


Pronto, o arranjo está finalizado e pronto para decorar o hall de entrada da sua casa, um aparador, ou até mesmo uma sala de estar.


(Linhas Envolventes... esse foi o título que a jornalista Janaina Medeiros, da revista Arranjo Floral, (Ed. Casa Dois) deu ao trabalho de Orlandio na edição de Nº63 da revista. As fotos são da fotógrafa Tatiana Villa. Quem quiser adiquirir a revista tem de entrar em contato com a revista através do site www.casadois.com.br.)
[ Postado por Márcio Dorvillé - Depto. de Vendas de Eventos Sociais ]

2 comentários:

Reinaldo disse...

Orlandio e Marcio, Parabéns pelo Blog e pelo arranjo, vcs são ótimos.

Flora Brasilis disse...

parabens pelo capricho. adorei os arrajos com as flores tropicais. Trabalho com o plantio de flores tropicais em colinas do tocantins e nao tinha visto um trabalho tao lindo como este.parabens mais uma vez.